hotel para gato na zona leste, hotel para gato no tatuapé, hotel para gatos na zona leste, hotel para gatos no tatuapé, hotel para felinos na zona leste, hotel para felinos no tatuapé, hotel para gatos, hotel para felinos, hotel para felinos

Gatos e os arranhadores: uma amizade sem fim

Olá, gateiros! Como estão hoje? Me chamo Arranhador. E eu sou um arranhador (óbvio), de uma gatinha chamada Marye. Hoje aqui no blog do Hotel Trilha dos Gatos, vamos falar um pouquinho sobre os arranhadores, esses grandes amigos dos felinos, e nada melhor do que um próprio arranhador para falar sobre isso.

É um fato que gatos adoram arranhar. O hábito faz parte do instinto felino e ajuda os animais a relaxar e marcar território. É por isso que nós, arranhadores, estamos entre os acessórios mais importantes na vida de um bichano. Mesmo assim, muitos tutores têm dúvidas de como educar seus gatos a usarem a gente. (como é estranho falar em primeira pessoa. Vou deixar isso de lado, então lembrem-se: vocês estão falando com um arranhador. Obrigado, de nada).

O simples passar de unhas por objetos realiza diversas funções vitais ao seu felino e quando isso não é feito, pode acarretar em vários problemas. Então eu vou dar aqui cinco dicas maravilhosas para adestrar gatos com relação a isso e tornar a vida do seu melhor amigo mais saudável e melhor.

O tamanho (nesse caso) é documento

 Podemos aqui fazer uma comparação: nesse caso, o arranhador pode ser comparado aqueles brinquedos de parque de diversões que são o máximo na infância, mas perdem a graça e o sentido conforme as crianças crescem. Muitos tutores adquirem um arranhador pequeno para o pet ainda filhote e se esquecem de trocá-lo por um maior quando o animal cresce, e o arranhador deve ser grande o suficiente para que o gato consiga ficar em pé, se esticar e se espreguiçar.

As preferências do seu pet

 Apesar da popularidade dos arranhadores verticais, nem todos os bichanos preferem arranhar nessa posição. Por isso, para acostumar o gato com arranhador é necessário analisar a preferência do pet, já que alguns dos bichanos gostam de arranhar na horizontal e essa preferência ajuda no processo de despertar nele o interesse pelo acessório. Para descobrir se seu gato é do tipo que prefere arranhar na vertical ou na horizontal, não tem segredo: basta observar o sentido dos arranhões nos objetos da casa, esse é uma dica de como educar gatos.

Além da posição outro fator que deve ser considerado é o material do arranhador, muitos gatinhos gostam do sisal, o mais comum, mas alguns preferem superfícies mais macias, como carpetes, arranhadores feitos de papelão ou até mesmo EVA.

O capricho na escolha do local

Levando em conta que os gatos arranham como forma de marcação de território, deixar o arranhador em um cantinho escondido da casa é o mesmo que não oferecer o acessório ao felino. Mas isso não significa que o arranhador deva ficar em um local movimentado, ou agitado. Os veterinários sugerem que você observe os móveis da casa que o gato mais costuma arranhar e procure deixar o arranhador próximo a eles, já que é um momento para os felinos relaxarem.

A boa e velha era…a erva dos gatos ein!

Para gatos que não estão dando a menor bola para o arranhador, uma dica é tentar chamar a atenção do bichano para o acessório com a ajuda da erva do gato. Feita a partir da Nepeta caperia desidratada, a erva serve para atrair o animal e para estimular os instintos felinos, como é o caso do ato de arranhar. Já é possível encontrar versões da erva em spray, o que facilita a aplicação no arranhador. Você também pode encontrar na lojas produtos específicos para ajudar seu gatinho, como os feromonios, eles simulam o odor que há entre os dedinhos dos gatos e isso os atrai a utilizar o arranhador.

Aposte na criatividade

Embora o uso da erva do gato funcione em muitos casos, estima-se que cerca de 25% dos bichanos não se sintam atraídos por ela. Se esse é o caso do seu filho de quatro patas, use a criatividade para chamar a atenção dele para o nós! (Ops, primeira pessoa de novo…com nós eu quero dizer arranhadores, mas acho que você entendeu).  Você pode, por exemplo, prender no acessório um ratinho de pano, algumas fitinhas ou até mesmo aprender como fazer um arranhador de gatos.

Se nada disso funcionar e o gato seguir ignorando o arranhador e atacando a mobília, não dê broncas. Além de utilizar um spray para gato não arranhar os objetos da casa, é necessário procurar um especialista.

Gostaram dessas dicas? Agora eu preciso ir, Marye está vindo em minha direção. Bora brincar!

ATENDIMENTO

telefone